Portal de Aquidauana

Seja bem vindo,

Cota��o
Aquidauana

Ex-prefeito e ex-senador Juvêncio César da Fonseca morre aos 84 anos

Publicado em 14/12/2019 Editoria: Política


Juvêncio César estava internado há dois meses no Proncor, em Campo Grande, por conta de infecção
 
O ex-prefeito de Campo Grande e ex-senador Juvêncio César da Fonseca, 84 anos, morreu na madrugada de hoje, às 2h30, após dois meses de internação no Proncor. O falecimento foi confirmado pela esposa, Suely Brandão.
 
A viúva disse ao Campo Grande News que Juvêncio teve osteomelite (infecção no osso causada por bactérias ou fungos) há 11 anos e, desde então, apresentada ocasionais problemas de saúde.
 
Há dois meses foi internado por conta da infecção que se manifestou e apnéia. Segundo Suely nesse período teve picos de melhora, chegando a ficar quatro dias no apartamento, mas voltava para o CTI. Ontem, ela o visitou e disse que, apesar não conversar com fluidez, respondia aos estímulos e a reconhecia.
 
O velório está previsto para acontecer no cemitério Parque das Primaveras e o sepultamento será às 15h.
 
Nascido em Campo Grande, em 21 de setembro de 1935, Juvêncio César da Fonseca foi formado em Direito pela Faculdade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro e chegou a atuar como defensor público.
 
Entre os meses de janeiro a novembro de 1980 foi Secretário Estadual de Educação no governo Marcelo Miranda. 
 
Em 1983 elegeu-se vereador, permanecendo na função em 1985, quando candidatou-se à prefeitura de Campo Grande, sendo eleito para o primeiro mandato; elegeu-se prefeito de Campo Grande em dois mandatos, de 1986-1988 e de 1993 a 1996. Três anos depois, foi eleito senador, cargo que ocupou até 2007.
 
Posteriormente, atuou como assessor especial do então governador André Puccinelli (MDB).
 
Durante a carreira política, integrou o PMDB, passando pelo PDT, o PFL (atual Democratas) e, atualmente, estava filiado ao PSDB.
 


› FONTE: Campo Grande News